ajax loader

Roberto Manganiello era procurado desde 2013 e estava na lista dos 100 criminosos mais perigosos do país. Foi preso quando via um jogo de futebol

Um chefe da máfia do Sul de Itália foi detido na noite de sábado em Orta di Atella, a 15 quilómetros de Nápoles, quando assistia tranquilamente a um jogo de futebol. Na televisão, passava a partida entre o Nápoles e o Inter de Milão quando dois detetives, disfarçados de “rapazes das entregas” de uma pizzaria, bateram à porta de Roberto Manganiello, de 35 anos.

Conhecido pelo seu papel de destaque na Camorra, uma das perigosas associações mafiosas italianas, Manganiello estava em fuga desde 2013 e constava da lista dos 100 criminosos mais procurados de Itália, suspeito de um duplo homicídio em 2004 que fez espoletar confrontos sangrentos entre gangues napolitanos.

Segundo a AFP, o mafioso não ofereceu resistência quando os alegados funcionários da pizzaria que lhe entregavam o jantar se revelaram, afinal, dois detetives, levando-o para detenção. Igualmente detida foi a mulher de 30 anos que o acompanhava. Ambos residiam no apartamento próximo de Nápoles que, segundo as autoridades, eram utilizado como sede de um negócio de tráfico de droga e extorsão.

O ministro do Interior italiano, Angelino Alfano, congratulou-se entretanto pela ação da polícia, tendo atribuído o sucesso da operação das autoridades ao alto nível do trabalho de investigação.

Fonte: http://www.dn.pt

Deixe uma resposta